Uma das queixas mais comuns de pacientes que passaram por um processo de emagrecimento é a flacidez após emagrecimento. É normal que após a perda de muitos quilos, a pele que envolvia a gordura – e ficava “esticada” –, se torne flácida. Isso ocorre porque com o excesso de gordura eliminado, as fibras elásticas e colágenas que dão suporte à pele perdem sua capacidade de retração. 

A flacidez após emagrecimento é caracterizada pela falta de fibras de sustentação da pele, o colágeno e a elastina. Em geral, é decorrente da perda de tonicidade da pele e sua intensidade depende de diversos fatores, como: idade, quantidade de peso perdida, elasticidade da pele, nutrição, exposição à luz solar, fatores genéticos, entre outros. Todo o corpo pode sofrer com a flacidez, mas algumas áreas são mais atingidas, principalmente braços, coxas, glúteos, abdômen e rosto – o que pode dar aparência envelhecida para algumas pessoas e então, surge a necessidade de um programa de bem-estar contra flacidez. 

No caso de redução de peso acentuada, especialmente de forma rápida e expressiva, a aparência de “sobra de pele” incomoda diversos pacientes, que reclamam de “umbigo triste”, “barriga caída”, “flacidez do tchauzinho”, “braço mole”, entre outras queixas. 

Mas, graças à tecnologia, existem alternativas de tratamentos dermatológicos com equipamentos supermodernos para driblar esse efeito e resgatar a firmeza da pele. Claro, aliando uma rotina de exercícios físicos e uma dieta adequada, de preferência com acompanhamento de profissionais de cada área, para assim manter e potencializar o resultado conquistado com os procedimentos realizados na clínica. 

 

Por que o cirurgião deve considerar tratar a flacidez após o emagrecimento? 

 Existem duas grandes razões: A satisfação do paciente e a vantagem para a clínica. 

Do ponto de vista do paciente, é importante reforçar que nem todos estão cientes que pode haver excesso de pele depois do processo de emagrecimento. No geral, a expectativa é que o resultado almejado seja alcançado ao longo do tratamento, sem considerar outros esforços importantes para alcançar o corpo ideal. 

É importante não só a orientação ao paciente sobre a possibilidade da pele flácida após o tratamento, assim como um planejamento, logo de início, de um programa de tratamento que possa guiá-lo ao resultado desejado. 

O que nos leva à questão que pode ser vantajosa para clínica: Criar planos de tratamento não só deixam os pacientes mais satisfeitos com os resultados finais, como também traz um melhor retorno, possibilitando maior número de procedimentos realizados. 

É aí que entram em ação as tecnologias de tratamentos minimamente invasivos, pois oferecem uma opção de soluções não cirúrgicas de excelente custo-benefício, permitindo ao médico oferecer planos de tratamentos mais personalizados a mais pacientes. 

Melhores tratamentos contra flacidez 

Entre as opções do mercado, o Ultraformer III é um dos tratamentos mais eficazes para a flacidez após emagrecimento. É um ultrassom que combina tecnologias microfocada, usada no rosto para efeito lifting, linhas finas e rugas, e macrofocada, indicada para flacidez e gordura corporal na região do abdômen, parte interna das coxas e outras áreas. Considerando que as áreas mais afetadas pela flacidez após o emagrecimento são as costas, braços, glúteos, coxas e o abdômen, o aparelho é perfeitamente qualificado para o trabalho. 

É capaz de promover retração muscular, estimular a produção de colágeno e consequentemente “esticar” essa pele, combatendo a flacidez. Conta com protocolos exclusivos, considerado um dos melhores tratamentos contra flacidez como o Ultra Arms, que também elimina a gordura localizada; além do Ultra BumbumUp que deixa o bumbum mais firme e empinado. 

4 protocolos para tratamento de cicatrizes pós-cirurgia plástica.

Outra alternativa é a radiofrequência: o calor gerado pela tecnologia leva ao estímulo da produção de fibras colágenas e elásticas, melhorando a firmeza e a elasticidade da pele, tornando um ótimo programa de bem-estar contra flacidez. O equipamento de radiofrequência Endymed traz a tecnologia exclusiva 3DEEP, que alcança três níveis de profundidade da pele com total segurança, já que possui sensores de temperatura, movimento e impedância. Assim, é capaz de atuar três vezes mais profundamente do que os aparelhos monopolares. 

Inovador, o ZField Dual conta com tecnologia de campo eletromagnético para tonificação, condicionamento e saúde muscular. É capaz de estimular contrações voluntárias na área tratada para permitir construção muscular, proporcionando resultado de firmeza, fortalecimento, tonificação muscular e melhora do contorno corporal, combatendo a flacidez após emagrecimento. 

Já o Secret RF é uma plataforma de radiofrequência fracionada que usa microagulhas para a indução percutânea de colágeno. É ideal para a realização de tratamentos como lifting, skin tightening e rejuvenescimento. A tecnologia é capaz de entregar energia precisa e controlada diretamente na pele do paciente em diversas profundidades. As microagulhas do aparelho são minimamente invasivas, causando baixo desconforto e com mínimo downtime.

Por último, mas não menos importante, o Scizer é um sistema desenvolvido para aprimorar o contorno corporal de maneira não cirúrgica tilizando a tecnologia MFSU (Macro Focused Scanning Ultrasound). Esta tecnologia é especializada em manipular os adipócitos na camada de gordura abaixo da pele usando o ultrassom terapêutico focalizado. O Scizer opera desenvolvendo necroses coagulativas, que por sua vez eliminam os depósitos de gordura localizada, aprimorando assim o contorno corporal. Esta poderosa tecnologia é capaz de eliminar depósitos de gordura que nem dietas ou exercícios físicos conseguem. 

Falamos mais sobre as tecnologias Scizer, Endymerd, Ultraformer e secret neste artigo, e sobre a Zfield neste post 

Ofereça tratamentos personalizados 

A quantidade de sessões e a frequência dos tratamentos vão depender de cada paciente. Por isso, é importante avaliar individualmente para oferecer um eficaz programa de bem-estar contra flacidez, com protocolo personalizado de tratamentos dermatológicos, acompanhamento de nutricionista para uma alimentação saudável, rotina de atividade física para melhorar a sustentação da pele e uso de cosméticos com ativos firmadores. 

 Esses tratamentos além de entregar um resultado efetivo, também devem ser encarados como programa de bem-estar, pois devolvem a autoestima em um momento tão importante como o pós-emagrecimento, seja ele derivado de um pós-parto ou pós-bariátrica e, até mesmo para aqueles pacientes que precisam de um gás para continuar seu processo de reeducação alimentar e exercícios.

 

Compartilhe
Veja os posts

RELACIONADOS


Faça uma
Cotação