Nos últimos anos, temos observado uma grande desmistificação de tabus sobre cuidados de beleza para homens. Barbearias especializadas e produtos de pele e cabelo têm sido cada vez mais populares. O mesmo tem acontecido com procedimentos dermatológicos, como o tratamento a laser para manchas de espinha. Após serem popularizados por celebridades e atletas que realizaram procedimentos, estes tratamentos têm recebido mais interesse do público masculino.

Ainda assim, existe uma certa resistência dos homens a aderirem a estes tratamentos. Em pesquisa feita pela MindMiners, 72% dos homens entrevistados disseram que não fariam um procedimento estético, como o tratamento a laser para manchas de espinha.

Será que o tabu sobre a estética masculina ainda existe? Um homem com gordura nos flancos, por exemplo, deve se envergonhar de optar por um procedimento dermatológico? Vamos buscar algumas respostas para estas questões neste post.

O fim do tabu de procedimentos como o tratamento a laser para manchas de espinha para homens

O crescimento do público masculino no mercado de dermatologia e estética é um fato. Um estudo feito pelo Centro Universitário do Sul de Minas aponta um aumento de 76% do interesse de homens brasileiros em procedimentos estéticos, como o tratamento a laser para manchas de espinha. Este crescimento em demanda fez com que os homens se tornassem um terço do público de clínicas de dermatologia e estética.

A Allied Market Research, empresa especializada em análise de tendências de mercado, divulgou em um relatório [em inglês] que o mercado de beleza masculino deve atingir uma média de faturamento de US$ 166 bilhões até 2022, outro indicativo do crescimento do interesse do público masculino no cuidado com a aparência.

Todos estes dados mostram como os homens estão deixando os velhos tabus para trás e aderindo sem peso na consciência a procedimentos como harmonização facial, peeling, transplante capilar e tratamento a laser para manchas de espinha.

Por que tantos ainda evitam procedimentos?

Os tabus podem ter enfraquecido, mas não são os únicos fatores que podem afastar os homens das clínicas de dermatologia e estética. Não existe mais tanta adesão à narrativa de que tratamentos dermatológicos diminuem a masculinidade, mas uma outra preocupação pode estar deixando os homens com um pé atrás.

O medo de resultados não satisfatórios pode ser uma das questões. Após reações negativas por parte de fãs e mídia à harmonização facial do ator Daniel Rocha, entre muitos outros casos, levantou-se esta preocupação de resultados não satisfatórios, o que pode ter espantado muitos homens da ideia de realizar procedimentos semelhantes.

Outro fator significativo, é o fato de que, em geral, os homens se sentem mais seguros com os seus corpos. Neste estudo publicado na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, foi observado que os homens têm níveis maiores de apreciação pelo próprio corpo, e se sentem menos pressionados pela mídia e pela sociedade para alcançarem algum tipo de “corpo ideal” do que as mulheres.

Homens podem se cuidar sem medo nem vergonha

Com o fim dos tabus que diziam que homens não podiam cuidar da aparência, indivíduos do sexo masculino podem procurar procedimentos estéticos sem nenhum peso na consciência. E o medo de efeitos adversos irreversíveis também já pode ser aliviado.

Com o aumento do investimento em tecnologias especializadas em tratamentos não-invasivos e reversíveis, estes procedimentos se tornaram não só mais seguros, mas muitos também deixaram de ser um compromisso para a vida toda. Procedimentos como a harmonização facial e a redução de gordura localizada para homens com papada, por exemplo, podem ser realizados de forma 100% não invasiva e sem downtime hoje em dia com equipamentos de ultrassom micro e macrofocado, como o Ultraformer III. Até procedimentos como tratamento a laser para manchas de espinha têm opções mais precisas e menos agressivas, graças aos avanços tecnológicos da medicina. Exemplos são as linhas lasers da Quanta, que é a grife italiana de laser de última geração para os melhores tratamentos de pele.

Compartilhe
Veja os posts

RELACIONADOS


Faça uma
Cotação