Voltar para o site

Conteúdo 100%
dedicado ao bem-estar
e saúde da pele, elaborado e

revisado
por especialistas.

Crise e beleza: o que dermatologistas e cirurgiões plásticos esperam no período pós-pandemia

29 de outubro 2021
por Redação
Tempo de leitura: 4 minutos

Qual a relação entre momentos de crise e a alta da busca por procedimentos como harmonização corporal e produtos de beleza? 

Antes de começarmos a falar sobre os dados impressionantes sobre o mercado da beleza que recolhemos durante a crise do COVID-19, vamos relembrar que este evento já se repetiu outras vezes, como na Segunda Guerra Mundial e na pandemia da Gripe Espanhola, no final do século passado. 

Mas, o que a queda das Torres Gêmeas, a Grande Depressão nos anos 30 e a crise econômica de 2008 tiveram em comum? O aumento repentino de itens de beleza, especialmente os de entrada, como os batons. Essa alta de busca por produtos de beleza começou a ser notada e estudada por especialistas, até que em 2001 o herdeiro da Estée Lauder, Leonard Lauder, criou o termo Índice Batom. Este medidor mostrava que quando a sociedade passa por dificuldades, o autocuidado se torna um item de necessidade básica. 

O mercado da Beleza em 2020

Com a chegada da pandemia e todo o estresse econômico e emocional decorrente disso, muitos segmentos apresentaram preocupação, como foi o caso do mercado de Beleza e autocuidado, afinal de contas, porque as pessoas procurariam soluções para tratamento de flacidez após emagrecimento, por exemplo, num momento com tantas outras preocupações? 

A verdade surpreendeu. Uma alta em buscas por produtos estéticos foi observada em 2020, se mantendo no primeiro quadrimestre de 2021, chegando a 5,7%, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal. 

Uma das hipóteses observadas foi o advento das videochamadas. Com um tempo maior se olhando na câmera, a busca por skin care, botox e outros itens de rejuvenescimento aumentaram. Além disso, enquanto a busca por esmaltes diminuiu durante a quarentena, a busca por batom – mesmo com o uso de máscaras – aumentou. Foi o que mostrou uma pesquisa da Mind Miners, onde 22% das mulheres entrevistadas disseram que ainda utilizam maquiagem quando fazem chamadas de vídeo para o trabalho ou lazer.

A busca por procedimentos não-invasivos

Apesar do Brasil ser o segundo no ranking de número de procedimentos estéticos cirúrgicos, chegando a realizar 1.54 milhões de procedimentos, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Quando o assunto é a busca para a resolução de problemas como a flacidez após emagrecimento, a flacidez da barriga, a harmonização corporal e até mesmo rejuvenescimento diverso; foi percebido um aumento da busca por procedimentos minimamente ou não-invasivos. 

Essa busca por visuais mais naturais, procedimentos que preservam as características pessoais de cada um e, até mesmo, uma recusa maior em procedimentos com downtime; também pode ser ligado aos novos hábitos adquiridos na quarentena.

Mesmo nas clínicas cirúrgicas, os pacientes estão buscando cada vez mais por procedimentos casados com a cirurgia, otimizando o procedimento invasivo com outros não-invasivos.

Tecnologias como aliadas

Já imaginou fazer a harmonização corporal de uma forma rentável e não-invasiva como forma de captar esses pacientes com novos hábitos de cuidados com o corpo? Isso é uma realidade com o Ultrassom que elimina as células de gordura de forma definitiva e sem pós, como o poderoso Scizer.

A busca por radiofrequências, como o Endymed, como solução para a flacidez após emagrecimento, por exemplo, vem ganhando destaque frente a tratamentos cirúrgicos, pois é excelente no tratamento de celulite, com a ponteira Contour, e também no tratamento de flacidez.

Mesmo para as que optam pela cirurgia de lipo HD, se encantam com a melhoria dos resultados que pode ser obtida com o Ultraformer III, ultrassom micro e macro focado para melhora da flacidez, estímulo de colágeno, retração e ancoragem muscular, além da destruição das células de gordura.

Pacientes com grande volume de flacidez após emagrecimento buscam um tratamento que, mesmo passando pelo procedimento cirúrgico para retirada de excesso de pele, pode ser otimizado com tecnologias para flacidez, estímulo de colágeno, celulite e até mesmo tonificação muscular. 

Essa nova realidade promete se estender pelo restante do ano de 2021, e provavelmente, se reflita ainda nos próximos anos, mudando o cenário da moda, da beleza e da medicina estética neste cenário de adaptação pela qual passamos.

Você também pode gostar de

Mais lidas

LER MAIS Diagnóstico de câncer de pele sem biópsia já é possível LER MAIS Cirurgião plástico: seu paciente quer tirar a papada sem cirurgia. E agora? LER MAIS Batalha dos lasers: Quanta System e outras tecnologias

Qual o papel do médico na busca
de tratamentos estéticos por
pacientes cada vez mais jovens?

Baixar E-book

INSTAGRAM

A MedSystems é uma empresa
referência no mercado há mais de 14
anos, que importa e comercializa
equipamentos de alta tecnologia
para atender aos médicos
especializados em procedimentos
clínicos e estéticos.
CONTATO
São Paulo - SP
Rua Pequetita, 145

Vila Olímpia

CEP 04552-060

+55 (11) 5180-5050
REDES SOCIAIS
A MEDSYSTEMS INFORMA
Não garantimos os mesmos resultados das
imagens acima, pois o número de sessões
necessárias e os resultados podem variar
de paciente para paciente.