Voltar para o site

Conteúdo 100%
dedicado ao bem-estar
e saúde da pele, elaborado e

revisado
por especialistas.

Marketing na dermatologia: o que faz seus clientes não voltarem à clínica?

07 de janeiro 2020
por Redação
Tempo de leitura: 4 minutos

Gestão de consultório médico é uma disciplina que deveria ser abordada com bastante profundidade dentro das universidades. A necessidade se explica, por exemplo, pelo fato de que 65% dos clientes retornam a um estabelecimento atraídos pelo alto nível de atendimento, de acordo com dados do estudo Customer Experience Trends, produzido pela Octadesk em parceria com a Mindminers. E na sua clínica de dermatologia, você tem mapeado o nível de satisfação do seu público-alvo? Sabe dizer por quais motivos alguns não voltam ao seu consultório? É sobre marketing na dermatologia que vamos falar neste post.

Os antigos pacientes agora são clientes

Considerando o segmento estético, é importante saber que os pacientes foram elevados à posição de clientes. Isso quer dizer que eles não buscam apenas por produtos e serviços, mas sim por uma experiência de atendimento que faça a diferença em um dia, em um período ou na vida dele. Então, preze pela gestão de consultório médico, pelo marketing na dermatologia, pelo atendimento dado,  pela modernidade das instalações, pela diversidade e pelo potencial do portfólio; e pela oferta de avançadas tecnologias nos tratamentos.

Motivos que fazem alguns clientes não retornarem

1) Não conhecer todos os tratamentos que a clínica oferece

Muitas pessoas ainda têm a errônea crença de que dermatologista é o médico que apenas aplica botox e cuida de doenças da pele. Agora que você já sabe disso, faça a gestão de consultório médico estruturando seu consultório com um portfólio completo e deixe que seus clientes saibam sobre as últimas novidades que você está agregando aos planos de tratamento da sua clínica. Faça isso com o apoio de uma empresa especializada em curadoria, importação e comercialização de tecnologias de ponta para tratamentos dermatológicos relacionados à saúde e ao bem-estar. 

Disponibilize também banners e folhetos informativos na recepção da clínica. Este é o momento do marketing na dermatologia: cuide para utilizar uma linguagem que seja de fácil entendimento do cliente. Por exemplo, não adianta dizer que o Ultraformer III é um aparelho de ultrassom micro e macrofocado. No material apresentado deve-se dizer, por exemplo, que o aparelho conta com uma tecnologia capaz de tratar a incômoda dobrinha que aparece próxima ao biquíni, a flacidez do umbigo e a gordurinha conhecida como bananinha, que fica embaixo do bumbum.

2) Não encontrar na clínica todos os procedimentos que precisa

No mercado estético, o cliente que se preocupa com as manchas e a flacidez da pele do rosto é o mesmo que, possivelmente, gostaria de recuperar o contorno do corpo, eliminar a gordura localizada ou se livrar de outro desconforto qualquer. Então, é importante que ele encontre na sua clínica a oportunidade de otimizar o tempo com um grupo de protocolos que recupere sua beleza dos pés à cabeça.

3) Não enxergar valor na experiência com os tratamentos

Como foi dito no início do post, principalmente no mercado de luxo, os clientes buscam uma experiência de atendimento que faça a diferença na vida deles. As pessoas não querem apenas adquirir produtos ou serviços. Cuide da gestão de consultório médico, do treinamento da sua equipe, da modernidade das instalações, da diversidade e do potencial do portfólio e das avançadas tecnologias, como Ultraformer, Scizer, Endymed, Lavieen, entre outras.

4) Não ter as expectativas alinhadas

Em geral, o cliente tem uma visão míope sobre as questões estéticas e os resultados dos tratamentos. Cabe ao médico dermatologista ser os óculos dessa pessoa. Isso quer dizer, ajudá-la a: enxergar o que precisa e não apenas o que quer; entender qual é o melhor plano de tratamento; orientar sobre o abandono de hábitos de vida que prejudicam os protocolos propostos; e compreender quais são os resultados possíveis. Do contrário, corre-se o risco de que o cliente abandone o tratamento e credite o insucesso do protocolo ao trabalho do dermatologista.

5) Não se sentir valorizado

O que você sabe sobre o seu cliente? Tem informações sobre o perfil dele? Sabe se ficou satisfeito com o tratamento proposto ou se gostaria de melhorar a aparência de outra parte do corpo? Esses e outros dados são importantes tanto para elevar a rentabilidade do seu negócio quanto para entender quando você deve ou não entrar em contato com o cliente para informar sobre a chegada de uma nova tecnologia na sua clínica.

Agora que você já sabe sobre alguns pontos que afastam seus clientes da clínica, que tal iniciar um plano de ação para fidelizá-los e ainda fazer com que eles indiquem o seu trabalho a outras pessoas?

Você também pode gostar de

Mais lidas

LER MAIS Batalha dos lasers: Quanta System e outras tecnologias LER MAIS 2 tecnologias para tratar cicatrizes pós-cirurgias plásticas LER MAIS Você sabe qual a idade real da sua pele?

Qual o papel do médico na busca
de tratamentos estéticos por
pacientes cada vez mais jovens?

Baixar E-book

INSTAGRAM

A MedSystems é uma empresa
referência no mercado há mais de 14
anos, que importa e comercializa
equipamentos de alta tecnologia
para atender aos médicos
especializados em procedimentos
clínicos e estéticos.
CONTATO
São Paulo - SP
Rua Pequetita, 145

Vila Olímpia

CEP 04552-060

+55 (11) 5180-5050
REDES SOCIAIS
A MEDSYSTEMS INFORMA
Não garantimos os mesmos resultados das
imagens acima, pois o número de sessões
necessárias e os resultados podem variar
de paciente para paciente.